Impactos da Tragédia das chuvas nas cidades do Rio Grande do Sul

A situação no estado do Rio Grande do Sul é crítica. 417 municípios foram atingidos pelas enchentes e deslizamentos. Essa tragédia afetou diretamente mais de 1,4 milhão de pessoas. Nesse momento difícil, é importante que todos se unam para oferecer apoio e solidariedade aos afetados.

As fortes chuvas no Rio Grande do Sul causaram impactos significativos em várias cidades. Aqui estão os principais pontos:

  1. Porto Alegre e Arredores:
    • A rodoviária está vazia.
    • O Mercado Público, frequentado por mais de 30 mil pessoas diariamente, está fechado desde sexta-feira.
    • O aeroporto da cidade também suspendeu suas atividades.
    • Na Arena do Grêmio, o gramado desapareceu devido às inundações.
  2. Eldorado do Sul e Canoas:
    • Eldorado do Sul teve 80% de seu território inundado.
    • A Universidade Luterana, em Canoas, se tornou um “abrigo gigante” para seis mil pessoas.
    • No total, mais de 68 mil cidadãos estão em abrigos no estado.
  3. Vale do Taquari:
    • Em algumas cidades, as inundações diminuíram, e o foco agora é limpar as praças públicas.
    • No entanto, em locais como Roca Sales, a população ainda está sem energia elétrica.
    • Moradores improvisam com geradores a combustível e captação de energia solar.
  4. Uruguaiana:
    • Mesmo sem chuva, cerca de 400 moradores estão isolados em Uruguaiana, a mais de 900 quilômetros de Porto Alegre.
    • Esse cenário revela a extensão territorial e temporal dessa tragédia.